Estamos recebendo diversos contatos de candidatos de todo o Brasil interessados em prestar o Concurso para Delegado de Polícia Civil/RS mas que estão encontrando dificuldade na hora de efetuar o pagamento da taxa de inscrição por se tratar de uma GARE que “somente” pode ser paga no Banco Banrisul, banco esse localizado no RS.

Verificamos com o Banrisul e com a Banca Examinadora onde informaram que há correspondentes aptos a receberem o pagamento da guia em todo o país.
No site do Banrisul, no menu “Estabelecimentos Credenciados”, localizado na lateral direita da página, você consegue filtrar pelo Estado, Cidade e Bairro, localizando o estabelecimento mais próximo de você apto a receber o pagamento. São mais de 1.500 estabelecimentos conveniados em todo o país.
Fizemos o teste e realmente eles apresentam diversas opções para pagamento.

EDITADO: APÓS DIVERSAS QUEIXAS, CONSTATAMOS QUE MESMO HAVENDO POSTOS CREDENCIADOS, A GRANDE MAIORIA NÃO ESTÁ APTA A RECEBER  PAGAMENTOS, REALIZAM APENAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO. ENTRAMOS EM CONTATO NOVAMENTE COM OS RESPONSÁVEIS ONDE AFIRMARAM QUE DIVERSOS CANDIDATOS ESTÃO CONSEGUINDO REALIZAR O PAGAMENTO NOS POSTOS, MAS QUE REALMENTE, ALGUNS NÃO ESTARIAM APTOS A RECEBER. DESSA FORMA, ESTAMOS CONTACTANDO A SECRETARIA DE FINANCIAS DO ESTADO DO RS PARA VER SE CONSEGUEM INTERVIR NESSA SITUAÇÃO QUE ESTÁ PREJUDICANDO DIVERSOS CANDIDATOS.

Sobre o Certame:

Concurso Delegado Polícia Civil RS: Inscrições abertas| 100 vagas com salário de R$20 mil

Já estão abertas as inscrições para o concurso Polícia Civil RS Delegado, quem desejar se inscrever precisa acessar o site da banca organizadora, FUNDATEC, e pagar uma taxa no valor de R$187,77. O prazo ficará aberto até o dia 27 de Março.

O edital do certame foi publicado, em 22 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul e oferta 100 vagas com remuneração inicial de R$ 20.353,06.

A aplicação da Prova Escrita Preambular está prevista para o dia 20 de maio de 2018O cargo de Delegado de Polícia Civil exige dedicação exclusiva e a jornada de trabalho é de 40hs semanais.

Requisitos para o cargo

É necessário que o candidato tenha concluído o bacharelado em Direito, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, até a data de inscrição no Curso de Formação Profissional.

Além disso, é necessária a comprovação do exercício, de no mínimo, 3 anos de atividade jurídica ou policial, que também deve ser comprovada no período de inscrição no Curso de Formação.

Requer-se, também, que o candidato possua, até  a matrícula no Curso de Formação, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “B”.

Vagas

São oferecidas 100 vagasEstá prevista no edital do concurso a reserva de 16%  das vagas para pessoas autodeclaradas negras ou pardas, além da reserva de 10% das vagas para candidatos com deficiência. O restante das vagas está atribuído à ampla concorrência. Confira abaixo o quadro completo:

concurso pc rs delegado 2018

 

Etapas  do Concurso Polícia Civil RS Delegado 2018

O concurso Delegado Polícia Civil RS conta com duas etapas: a primeira dela concentra a maior parte das fases do certame, ao passo que a segunda é focada no Curso de Formação Profissional. Confira os detalhes abaixo:

1ª Etapa

Fase Preliminar:

Prova Preambular (eliminatória e classificatória), composta por questões objetivas com 5 alternativas, aplicada em dois turnos na mesma data.

Esta prova será dividida em uma prova de Língua Portuguesa (40 questões) e outra de Conhecimentos Jurídicos (80 questões) com a seguinte distribuição:

concurso pc rs delegado 2018

Para ser considerado habilitado para a fase seguinte, é necessário que o candidato tenha o aproveitamento mínimo de 6o% no total da prova e de 50% em cada parte da prova.

A prova de Língua Portuguesa terá duração máxima de 3 horasao passo que a prova de Conhecimentos Jurídicos durará, no máximo 4 horas.

O cálculo da nota final da Prova preambular será feito por meio da média ponderada entre as notas das duas provas, obedecendo-se os seguinte pesos:

a) peso 4  à nota da primeira parte da prova preambular (Língua Portuguesa);
b) peso 6 à nota da segunda parte da prova preambular (Conhecimentos Jurídicos).

Serão considerados aptos a prosseguir no concurso os 300 candidatos de melhor pontuação na Prova Escrita Preambular, incluindo os empatados.

A aplicação  das provas da fase preliminar está prevista para o dia 20 de maio de 2018As demais datas serão divulgadas em editais próprios.

Fase Intermediária

Prova Escrita Discursiva (eliminatória e classificatória), com 20 questões discursivas. 

A Prova Escrita Discursiva será dividida em 2  partes e executada em 2  dias consecutivos, com 4  horas de duração cada:

1ª Parte:  5  questões de Direito Penal e 5 questões de Direito Administrativo.

2ª Parte: 5  questões de Direito Processual Penal e 5  questões de Direito Constitucional.

concurso pc rs delegado

Serão eliminados do Concurso os candidatos que não atingirem o mínimo de 40% de aproveitamento em cada uma das 4  disciplinas que integram a Prova Escrita Discursiva,  as quais serão avaliadas de zero a dez  pontos.

Além disso, para ser considerado habilitado para a fase seguinte, é necessário que o candidato tenha o aproveitamento mínimo de 6o% no total da prova.

Fase Final: Prova Oral e Prova de Títulos (classificatórias).

Outras fases da 1ª Etapa: Prova de Capacitação Física,  Sindicância da Vida Pregressa e Atual,  Exames de Saúde e Avaliação da Aptidão Psicológica (eliminatórias).

2ª Etapa

Curso de Formação Profissional

 

Principais Datas

26/02 A 27/03/2018: Inscrições, no site da Fundatec.

20/05/2018: Aplicação da Prova Escrita Preambular.

Atividade Jurídica e Policial

O edital do concurso define o que pode ser considerado atividade jurídica ou policial para a comprovação do tempo mínimo exigido no tempo da matrícula no Curso de Formação Profissional. Confira abaixo a lista detalhada:

Atividade Jurídica

a) aquela exercida com exclusividade por bacharel em Direito;

b) o efetivo exercício de advocacia, inclusive voluntária, mediante a participação anual mínima em 5 (cinco) atos privativos de advogado (Lei nº 8.906, 4 de julho de 1994, art. 1º) em causas ou questões distintas;

c) o exercício de cargos, empregos ou funções, inclusive de magistério superior, que exija a utilização preponderante de conhecimento jurídico;

d) o exercício da função de conciliador junto a tribunais judiciais, juizados especiais, varas especiais, anexos de juizadosespeciais ou de varas judiciais, no mínimo por 16 (dezesseis) horas mensais e durante 1 (um) ano.

e) o exercício da atividade de mediação ou de arbitragem na composição de litígios.

IMPORTANTE: O tempo de exercício de estágio profissional durante o curso de graduação em Direito não é considerado como atividade jurídica pelo edital do certame.

Atividade Policial

Considera-se atividade policial o exercício de cargos de provimento efetivo que possuam atribuições policiais nos seguintes órgãos:

a) polícia federal;

b) polícia rodoviária federal;

c) polícia ferroviária federal;

d) polícias civis;

e) polícias militares e corpos de bombeiros militares.

Prova de Títulos

A prova de títulos concederá entre seis dez pontos para um conjunto de atividades acadêmicas e profissionais. Confira abaixo a lista completa:

concurso pc rs delegado 2018

 

 

Não fique de fora dessa!